Dicas de Segurança - Energia Solar = Economia

Vivemos em um país de clima quente, o que justifica o uso mais intenso de ventiladores, freezers, geladeiras e ares-condicionados. Inúmeras tentativas de diminuir o consumo nesses meses mais quentes se mostram ineficazes diante do sol intenso. Mas esse mesmo sol pode se tornar um aliado. Já parou para pensar que se pode economizar até 95% com energia solar no verão?

 

Como funciona o sistema de energia solar

O processo de geração de energia solar é bastante simples: painéis solares captam a luz e reagem a ela, transformando-a em energia elétrica. Esta energia então é enviada para um inversor solar, que converte a corrente e para a frequência da rede elétrica do local, tornando a energia solar utilizável como energia elétrica convencional.

Essa energia pode, então, alimentar todos os dispositivos elétricos presentes no ambiente. Se a força gerada pela instalação solar não for suficiente para abastecer toda a estrutura – devido a condições climáticas adversas, por exemplo –, utiliza-se a energia fornecida pela distribuidora.

 

Energia solar: benefícios do clima brasileiro

Para instalar um sistema de geração de energia solar fotovoltaica, o principal fator de sucesso é a escolha do local. Isso ocorre, pois, a irradiação solar varia muito entre regiões, até mesmo de um local para outro dentro de uma mesma cidade.

Contudo, para os brasileiros, a irradiação não costuma ser um problema. Vivemos em um país tropical, com clima extremamente favorável para a geração de energia solar: nosso verão quente é uma vantagem imensa quando falamos em geração de energia fotovoltaica.

No verão, os dias são mais longos e as noites mais curtas. A equação é simples: quanto mais luz do dia, mais alta é a produção do sistema fotovoltaico. De dezembro até março, nos países do hemisfério Sul, a produção de energia solar é turbinada pelas características naturais da estação.

Um sistema instalado de modo correto, portanto, pode gerar mais energia do que consome ao longo do verão, mesmo com o alto consumo dos eletrodomésticos. Isso faz com que haja um excedente que será convertido em créditos de energia solar junto à concessionária, trazendo a vantagem da compensação.

 

Redução de custos: como economizar com energia solar

O custo de implantação de sistemas de geração de energia solar vem caindo e os incentivos aumentando. Isso se traduz em grandes oportunidades de reduzir os gastos com energia elétrica.

No geral, é possível afirmar que o custo da eletricidade para residências e empresas pode ser reduzido a uma fração da conta paga anteriormente. Com a geração fotovoltaica, um consumidor chega a gastar apenas 5% do montante habitual.

Porém, cada sistema de geração de energia solar é único e adequado à necessidade do consumidor que contrata o serviço de instalação. Assim, é preciso saber o quanto será investido no sistema de geração de energia solar fotovoltaica para poder estimar o quanto se economiza com energia solar.

E para isso, não basta saber seu consumo de energia ou estar ciente dos valores tarifários, que estão presentes na conta de energia. Também entram no cálculo fatores específicos, como a irradiação média no local da instalação, o custo com painéis e demais equipamentos e outros. Sistemas de geração fotovoltaica são muito diversos, e embora o tempo médio de retorno seja semelhante para a maioria dos investimentos, os custos de instalação variam muito de acordo com o projeto.

#HMSegurança #DicasdeSegurança #Responsabilidade #SelodeQualidade #Segurança #Vigilância #Monitoramento #CâmeradeSegurança #Inovação #Tecnologia #Alarme #Proteção #CruzAlta

 

Mais notícias